Bem-estar e qualidade de vida

Você está aqui > Publicações > Bem-estar e qualidade de vida

Esperança na Prevenção da Demência no Idoso!

get_img

Um estudo publicado na revista JAMA, mostrou que a prevalência da demência entre os idosos americanos tem diminuído significativamente (de 11,6% a 8,8%) entre 2000 e 2012 (Langa e colaboradores 2017). Isto significa que menos adultos com mais de 65 anos apresentam sintomas de demência em Estados Unidos. Ao parecer existem 2 principais fatores que contribuíram para isto, um deles reside no aumento da escolaridade ou aprendizado de novas habilidades entre a população idosa, o que propicia maior reserva cognitiva (fator protetor do cérebro) o segundo é o controle dos fatores de risco cardiovasculares, já que o número de pessoas que procuraram tratamento para hipertensão, colesterol alto e diabetes, também acelerou durante esses anos.
Contudo, é possível que o conjunto completo de fatores, sociais, comportamentais, nutricionais, e outros, também tenham contribuído para o controle da prevalência da demência entre os idosos. Portanto, entender o peso de cada fator protetor é relevante pois facilitaria a prevenção das demências no idoso.
Infelizmente no Brasil esta realidade é inversa, um artigo publicado por Burla e colaboradores (2013), manifesta que a demência cresce acentuadamente com a idade em especial entre as mulheres e os analfabetos os quais apresentam uma prevalência mais elevada. Dessa forma, a prevalência brasileira média apresenta-se mais alta que a mundial. Segundo os pesquisadores as projeções para a população brasileira apontam para um crescimento na taxa de prevalência de demência (na população com 65 anos e mais) de 7,6% para 7,9% entre 2010 e 2020, ou seja, 55.000 novos casos por ano.
Devido a que poucas pessoas percebem como seus hábitos afetam sua saúde é necessário que todos contribuíamos compartilhando estas informações e criando mais consciência sobre as possibilidades do controle da demência, incentivando entre a população idosa a pratica de atividades onde façam uso não só das habilidades físicas senão também mentais, além de auxilia-los na detecção e tratamento de qualquer problema de saúde.
Procure informação e esclareça sempre que possível suas dúvidas em relação a sua saúde !

Dra. Jacqueline Abrisqueta-Gomez

VOLTAR


 
Copyright © 2016 - Check-up do Cérebro - contato@checkupdocerebro.com.br